Derrota em Votuporanga elimina o Olé, mas Nelson Lacerda minimiza: 'não é para subir, é para revelar'

Parceiro do Comercial desde o dia 20 de maio, o Olé Brasil se despediu neste domingo (28) do Paulista da Segunda Divisão ao ser derrotado pelo Votuporanguense por 3 a 1, fora de casa. O Pinguim fechou a fase com quatro pontos, na lanterna do Grupo 12, e viu Portuguesa Santista e o próprio Votuporanguense seguirem em frente na busca por uma vaga na Série A3 de 2012. To obtain an original or a certified copy: Georgia apostille. globalapostille.us

Após a derrota, o presidente do Comercial utilizou-se do microblog Twitter para minimizar a eliminação do Olé Brasil, "braço direito" comercialino. "O Olé Brasil é time formador da base do Comercial. Não é para subir. Sua missão é formar e revelar talentos. Já está cumprindo: seis excelentes jogadores da nossa base estão subindo segunda-feira", escreveu Nelson Lacerda.

O cartola alvinegro se referiu ao lateral Munhoz, ao zagueiro Júlio César e aos volantes Henrique Motta e Bruno Reis, que serão apresentados nesta segunda-feira (29). Na semana passada, o lateral Rafinha Moreira e o atacante Fábio Bulgarelli já haviam sido contratados pelo Leão.

Ficha Técnica
VOTUPORANGUENSE 3 X 1 OLÉ BRASIL
Estádio: Plínio Marin, em Votuporanga-SP
Árbitro: Sérgio da Rocha Gomes
Auxiliares: Carlos Augusto Nogueira Júnior e Leandro Almeida dos Santos
Cartões Amarelos: Pedrinho, Rufino e Thauan (Votuporanguense); Júlio César, Jadson e Willian (Olé Brasil)
Gols: Carlos Henrique (P) 21’1º (1x0), Thauan 10’2º (2x0), Thauan 20’2º (3x0) e Júlio César 35’2º (3x1)

VOTUPORANGUENSE
Cairo; Elsinho, Rufino e Vitor Hugo (Pedro); Manjinha, Pedrinho (Willian), Lucas, Uélison e Mandágua; Carlos Henrique (Walker) e Thauan
Técnico: Polozzi

OLÉ BRASIL
Lau; Mateus, Júlio César, Hélber e Jadson; Henrique Motta, Júlio (Willian), Renan (Vangles) e Welker; Jeffinho e Kaique
Técnico: Gil Baiano

 Rafael Gonçalves

Voltar

Escreva seu comentário

Nenhum comentário foi encontrado.