Há 14 anos, Botafogo conquistava vitória heróica em Come-Fogo na Joia

Um clássico Come-Fogo, em especial, está guardado na memória dos torcedores do Botafogo. Em 15 de setembro de 1996, há exatos 14 anos, o Tricolor conquistava uma vitória heróica sobre o Comercial no estádio Palma Travassos e ficava bem perto da classificação para a segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série C.

Com um time recheado de garotos, o Pantera levou a melhor sobre o Leão vencendo por 2 a 0 mesmo com dois jogadores expulsos. Japinha, no primeiro tempo [26'], abriu o placar para o Botafogo, mas foi expulso no segundo. "Dei uma entrada no Carlinhos Rodrigues, já tinha cartão amarelo e fui expulso faltando 10 minutos", relembrou Japinha, que não se esquece do gol marcado no Come-Fogo. "O Jivago bateu a falta, eu entrei em diagonal, driblei o Nílson e balancei o gol do Buzzetto".

Para piorar, o goleiro Ricardo Gomes cometeu falta fora do lance e também recebeu o cartão vermelho. O comercialino Nílson também deixou o campo mais cedo. "O Carlinhos Rodrigues deu um tapa no Torrinha. Eu fui pra cima e dei um 'esfrega' nele", lembrou Ricardo Gomes. Como o Bota já tinha feito as três mudanças, o atacante Daniel foi para o gol e ainda viu o Tricolor ampliar com Lucas, 44 minutos do segundo tempo.

"O Daniel fez uma linda defesa no final. O Comercial tinha um timão, com o Jackson na meia, o Carlinhos na ponta, mas nós não tínhamos responsabilidade. Fomos pra cima", comentou Japinha. "Nosso time só tinha garotos, tirando eu, que era o velhinho do time", brincou Ricardo Gomes, que atualmente trabalha como empresário.

O Come-Fogo com vitória do Bota foi o de número 110. Após este confronto, foram, realizados outros 22 duelos.


FICHA TÉCNICA
COMERCIAL 0 X 2 BOTAFOGO
Data: 15/09/96
Horário: 16:00
Estádio: Palma Travassos (Ribeirão Preto-SP)
Público: 2.534 pagantes
Renda: R$ 18.795,00
Estádio: Palma Travassos (Ribeirão Preto-SP)
Árbitro: Cléver Assunção Gonçalves (MG)
Gols: Japinha 26’1º (0X1) e Lucas 44’2º (0X2)
Cartões Vermelhos: Nílson (COM); Ricardo Gomes e Japinha (BOT)
Obs.: Daniel foi para o gol no lugar de Ricardo Gomes

COMERCIAL
Buzzetto; Christian, Nílson, Carlinhos e Vandir; Taíca (Gélson), Géia, Jackson e Marquinhos; Silvinho (Rejane) e Didi (Carlinhos Rodrigues)
Técnico: Tim

BOTAFOGO
Ricardo Gomes; Japinha, Jivago, Gustavo e Rubens Cardoso; César (Tamer), Douglas e Torrinha; Adílson Balinha (Alex Bala), Lucas e Claudinho (Daniel)
Técnico: Zé Mário Crispim

Rafael Gonçalves

Voltar