Festa na Joia! Relembre o acesso do Comercial, em 1993, após vitória sobre a Francana em Ribeirão

O time de 1993 / Arte: Rafael Gonçalves por foto de Revide

Inesquecível! Assim pode ser definido o acesso do Comercial para a Primeira Divisão, em 1993. O triunfo, conquistado somente dentro de campo, aconteceu a 20 anos com uma vitória sobre a Francana, em uma tarde de domingo, no estádio Palma Travassos.

O Leão do Norte precisava vencer o rival no dia 12 de dezembro para selar o acesso e contou com o apoio da torcida. Os comercialinos fizeram a sua parte: mais de 11 mil foram para a Joia, vibraram e tremularam suas bandeiras. O time não decepcionou: 2 a 0, com gols de Júlio César e Silvinho. Foram 38 jogos, de março a dezembro, até o retorno à elite. Meses depois, entretanto, a Federação Paulista de Futebol (FPF) alterou o regulamento do campeonato e criou a Série A2, justamente onde ficou o Comercial em 1994.

Torcida de joelho / Foto: RevideA caminhada
O domínio comercialino na primeira fase do campeonato foi absoluto, mas sempre com placares apertados - o mais elástico foi na estreia com os 3 a 0 sobre o União Barbarense. Nas 14 rodadas, o Leão perdeu apenas para o Independente, em Limeira, por 1 a 0. Na etapa seguinte, bateu um recorde. Somado com a fase inicial, o Comercial ficou 16 jogos sem perder. A invencibilidade terminou em Birigui, com uma derrota por 3 a 0 para o Bandeirante.

Jornal Gazeta Esportiva de 1993O Bafo avançou de fase e, no quadrangular semifinal, enfrentou União Mogi, São Bento e Radium. Mais uma vez, perdeu apenas um jogo: 1 a 0 para o São Bento. O acesso, então, ficava cada vez mais perto. O Comercial chegou entre os quatro melhores e duelou com Francana, Paraguaçuense e União Barbarense. Em uma sequência de perde e ganha, viu o time de Paraguaçu Paulista faturar o título, mas comemorou o acesso. E muito.

No dia seguinte, o impresso Gazeta Esportiva noticiava: 'O melhor time acabou em segundo lugar', referindo-se ao Comercial, que sofreu apenas cinco gols nos 19 jogos realizados no estádio Palma Travassos.

Técnico Afrânio Riul / Foto: RevideOs treinadores
Foi de Luiz Carlos Ferreira a responsabilidade de levar o Comercial de volta à elite. O treinador, porém, comandou o Leão até a sexta rodada da segunda fase. Foram nove vitórias, 10 empates e apenas uma derrota [para o Independente] até ser demitido em virtude de quatro resultados iguais consecutivos.

Afrânio Riul, que três anos antes havia conquistado o acesso com o Rio Branco, foi contratado e manteve a boa campanha até chegar na final, fase em que o Comercial oscilou entre vitórias e derrotas. Sob o comando de Afrânio, o Leão venceu 12 jogos, empatou um e perdeu cinco. Foi idolatrado pela torcida após o acesso.

Júlio César, o Imperador da Joia, relembra o acessoA campanha do Leão / Arte: Rafael Gonçalves
"Fizemos um campeonato muito bom durante todo o ano todo, acho que fomos o time de melhor campanha. Na fase final, porém, quase escapou o acesso. Foi difícil pra caramba, uma verdadeira guerra quando jogávamos fora de casa. Contra o União Barbarense, o finado Afrânio Riul queria entrar em campo de capacete, por causa da torcida. Uma coisa que ninguem sabe: naquele jogo final contra a Francana, tomei uma pancada na perna logo no primeiro tempo e joguei com muita dor. Fiquei sabendo que tive uma fratura no local. Foi o Géia que me 'pegou' e depois jogamos juntos. Coisas do futebol. O duro foi que entramos de férias logo em seguida e na volta eu fiquei me recuperando dessa pancada. O departamento médico do Comercial errou feio e não diagnosticou a fratura. Fui descobrir meses depois. Eu estava jogando pelo União Mogi, quando quebrei novamente no mesmo lugar. E foram os médicos de lá que me avisaram que eu já tinha fraturado no mesmo local"
Júlio César hoje é corretor de seguros em Manaus-AM

A CAMINHADA DO LEÃOTorcida comercialina na Joia
1ª Fase
14/03/93 Comercial 3 x 0 União Barbarense
21/03/93 União Mogi 2 x 2 Comercial
28/03/93 Central Brasileira 1 x 1 Comercial
04/04/93 Comercial 2 x 0 Lemense
11/04/93 Comercial 1 x 0 Rio Preto
18/04/93 Independente 1 x 0 Comercial
25/04/93 Comercial 2 x 1 Capivariano
02/05/93 União Barbarense 0 x 0 Comercial
09/05/93 Comercial 2 x 0 União Mogi
16/05/93 Comercial 2 x 0 Central Brasileira
23/05/93 Lemense 0 x 0 Comercial
30/05/93 Rio Preto 0 x 0 Comercial
06/06/93 Comercial 1 x 1 IndependenteOs artilheiros / Arte: Rafael Gonçalves
13/06/93 Capivariano 0 x 1 Comercial

2ª Fase
20/06/93 Comercial 2 x 0 Sertãozinho
27/06/93 Jalesense 1 x 2 Comercial
04/07/93 Comercial 0 x 0 Bandeirante
11/07/93 Tanabi 3 x 3 Comercial
25/07/93 Comercial 1 x 1 Palmeiras (SJBV)
01/08/93 Fernandópolis 1 x 1 Comercial
08/08/93 Sertãozinho 0 x 1 Comercial
15/08/93 Comercial 4 x 0 Jalesense
21/08/93 Bandeirante 3 x 0 Comercial
29/08/93 Comercial 3 x 0 Tanabi
12/09/93 Palmeiras (SJBV) 0 x 2 Comercial
19/09/93 Comercial 4 x 1 Fernandópolis

Semifinal
26/09/93 União Mogi 0 x 0 Comercial
03/10/93 Comercial 2 x 0 São Bento
10/10/93 Radium 1 x 3 ComercialSilvinho comemora o gol do acesso / Foto: Revista Revide
17/10/93 Comercial 1 x 0 Radium
24/10/93 São Bento 1 x 0 Comercial
31/10/93 Comercial 2 x 0 União Mogi

Final
07/11/93 Francana 2 x 1 Comercial
14/11/93 Comercial 2 x 0 União Barbarense
21/11/93 Paraguaçuense 1 x 0 Comercial
28/11/93 Comercial 2 x 1 Paraguaçuense
05/12/93 União Barbarense 1 x 0 Comercial
12/12/93 Comercial 2 x 0 Francana

FICHA TÉCNICA DO ACESSO
Comercial 2 x 0 Francana
Data: 12/12/93 / Horário: 16:30
Público: 11.160 pag. (Divulgado pela FPF) / Renda: Cr$ 8.366.750,00
Estádio: Palma Travassos, em Ribeirão Preto-SP
Árbitro: Dagoberto Teixeira
Gols: Júlio César 24’1º e Silvinho 50’2º

COMERCIAL
Rogério; Valdo, Nílson, Édson Fumaça e Ruben Furtenbach; Odair, Júlio César (Pereira), Pianelli e Marcelo Telinha; Miguelzinho (Marquinhos) e Silvinho
Técnico: Afrânio Riul

FRANCANA
Castro; Gérson, Maurício, Paulo Marcelo e Serginho; Índio (Donizete), Géia, Luís Alberto (Valmir) e Loca; Carlos Alberto e Pedrinho
Técnico: Nélson Martins

O elenco campeão / Arte: Rafael Gonçalves

Rafael Gonçalves
*Exercite a ética jornalística. Cite a fonte.

Voltar

Escreva seu comentário

Data

De Gustavo Porfírio Xavier e Sebastião Xavier

Assunto Divisão Intermediária

Responder

Parabéns pela grande reportagem Rafael Gonçalves, brilhante trabalho.

Data

De Marcos de Abreu Machado

Assunto acesso Comercisal F.C. 1.993

Responder

Ótima a matéria acima, mas teve um grande líder que não foi citado: Dr. João Batista de Campos (presidente). Percorremos quase todo o estado, e tive o prazer de acompanhá-lo em vários jogos. Ele e toda a sua diretoria mais um grande HOMEM que infelizmente nos deixou poucos anos depois, meu grande amigo AFRÂNIO RIUL...... sem dúvida nenhuma, um dos grande momentos do nosso querido COMERCIAL F.C.

Data

De Anderson Bueno Pereira

Assunto Leão do Norte, Tens Presença Imortal

Responder

Este jogo contra a Francana, foi o melhor que já assisti do BAFO, tinha 12 anos, foi inesquecível. Me lembro que teve uma mega carreata pela cidade, que terminou defronte ao Stream Palace Hotel, os jogadores estavam na escadaria do mesmo esperando a torcida, foi muito emocionante, pois a torcida cantou sem parar, e os jogadores começaram a chorar! VAMOS SUBIR BAFOOOOOOO!

Data

De Gustavo Pernomian

Assunto acesso em 1993

Responder

Esse dia foi inesquecível para a torcida comercialina. Lembro que tinha 9 anos de idade e fui ao estádio nesse ano e no jogo do acesso com os meus tios, meu avô e meu irmão. Bons tempos....!!!! Sinto imenso orgulho de torcer somente para o COMERCIAL F.C..

" Desde menino aprendi a te querer, clube famoso que os meus pais viram nascer, o teu passado que a Ribeirão deu glórias, e te faz buscar, como um gigante, mais vitórias "

....AVANTE LEÃO DO NORTE...!!!!.... RUMO AO ACESSO...!!!!

Data

De SERGIO

Assunto INESQUESIVEL

Responder

EU ESTAVA LÁ, COM APENAS 11 ANOS DE IDADE PULANDO NO MEIO DAQUELA ENLOUQUECIDA TORCIDA. QUE SAUDADE

Data

De ODAIR ESIDIO

Assunto FOTOS

Responder

O RAFAEL VC TEM MAIS FOTOS DESTE TIME ?
FICARIA GRATO.
OBRIGADO

Data

De CARLOS EDUARDO

Assunto CARRETA DA KAIKER

Responder

VERDADE, COMO ESQUECER A CARRETA DA KAIKER DENTRO DA JÓIA, COMO ESQUECER OS FUNCIONARIO JOGANDO CEVA PRA TODO MUNDO ATRAVÉS DO ESGUINCHO, COMO ESQUECER, A TORCIDA INVADINDO O CAMPO SEM O JUIZ APITAR, O ÉPOCAAA BOAAA, DE JÓIA LOTADA, DE COME-FOGO COM 25-30 MIL PESSOAS NA JÓIA, E NO BURACO COM 40 45 MIL,COMO ESQUECER ÉPOCA DA TUC DE SALIM NASSIF, ÉPOCA QUE TODOS OS COMERCIALINOS ANTES DE UM COME-FOGO SE DIRIGIA ATÉ O FRANGO REI(BAR DO SALIM) PARA COMEMORAR, FESTEJAR, E IR PRO ESTÁDIO A PÉ DA AV SAUDADE ATÉ A JÓIA....... COMO ESQUECER A NARRAÇÕES DO SAUDOSO CESAR BRUNOO, ÉÉ DOO LEEÃÃÃÃÃÃAÃÃÃAO.. BONS TEMPOS.

Data

De LUIZ RICARDO PERES

Assunto publico

Responder

NOSSA, ESSAS FOTOS ME FEZ RECORDAREM DAQUELE JOGOS, COMO ESQUECER A CARRETA DE CERVEJA DA KAISER DENTRO DE CAMPO, FESTEJANDO COM A TORCIDA, COMO ESQUECER AQUELE DIA.. JÓIA LOTADA, 30 MIL FACIL, INESQUECIVEL, EMOCIONANTE

Data

De CARLOS EDUARDO

Assunto PUBLICO

Responder

EU TRABALHEI NA BILHETERIA NESSE JOGO, E ME LEMBRO COMO SE FOSSE HJE... NA CONTAGEM DOS INGRESSOS, FORAM 26,545 PAGANTES, TINHA FACIL FACIL UNMAS 30 MIL PESSOAS NAQUELE JOGO.... E AINDA DIVULGAM POUCO MAIS DE 11 MIL PAGANTES, SEMPRE FOI ASSIM

Data

De Adriano Gomes

Assunto Parabéns !

Responder

Legal meu amigo Rafael Gonçalves. Esse time de 1993 eu acompanhei bem. Se este time esava na primeira divisão. Poderia ser Campeão Paulista. Pois éra um Sr. Time. E que faça susseço em 2012 pra frente...

Abraço.

Adriano Gomes
(16) 9183-1512.
Adrianogomesstz@yahoo.com.br

Data

De Fred Leoncini

Assunto Marcante!

Responder

Pessoal, é impressionante como os fatos importantes em nossas vidas ficam marcadas em nossa memória. Lembro que tinha 13 anos nesta ocasião, havia ido a muitos jogos na Jóia com o meu pai, mas como eu era moleque ainda e meio "cagão" fiquei com medo de pedir para me levar à final, pois iria estar muito lotado - eu ficava com medo de brigas e confusões. Mas ficou marcado em minha mente que neste dia do jogo final eu estava na casa de minha avó ouvindo pela rádio 79. Ouvia e delirava na transmissão de nosso saudoso Cesár Bruno - melhor locutor de Ribeirão sem sombra de duvidas. Me recordo que fiquei em delírios com o "acesso", o foguetório, a vitória. Foi realmente muito bacana ler a matéria e me lembrar de tudo; da garra dos zagueiros, principalemente do Nilsão; do meio-campo pegador, com o Odair e o Pereira; os gols sensacionais do Marquinhos; da rapidez do Valdo (que depois foi pro Corinthians), do Marccelo Telinha e do Miguelzinho; da qualidade nos passes do Julio entre outras. Obrigado pessoal!!!
PS.: Participei pessoalmente, no Palma Travassos, de toda a campanha do Leão e tenho o prazer de dizer que desta vez não perdi a festa M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A do jogo final contra o São José!!!!

Data

De Alexandre Zanelato

Assunto Paraguaçuense

Responder

O melhor jogo foi contra a paraguaçuense, vencemos por 2 x 1 de virada aos 46 e 49 do 2º tempo, as pessoas se abraçavam e choravam, foi muito bom rs rs rs

Data

De João Paulo Mazali

Assunto Bafoo

Responder

#VamosSubirBafo

Data

De andrei

Assunto Re:Bafoo

Responder

tem toda razao joao....... foi foda nesse dia

Data

De adilson

Assunto acesso

Responder

eu estava la a emoçao foi enorme a emoçao a for da pele

Data

De Alessandro

Assunto matéria acesso

Responder

Rafael parabéns pelo site, e pela brilhante matéria, que não tinha visto belo conteúdo em lugar algum. Na ocasião estava lá, contava 22 anos de idade, era a esperança de voltar a ver os grandes na Jóia, mas nos bastidores conseguiram aniquilar nossa festa.
Continue juntando os fatos e histórias de nosso Leão.
E ficaremos no aguardo de um livro seu com tudo do Comercial.

Data

De correa junior

Assunto acesso do leão

Responder

foi um dia realmente fantástico, eu tinha apenas 11 anos de idade e fui levado ao estádio pelo meu pai. um jogo inesquecível digno de um gigante do interior que se tornará centenário nos próximos meses. viva o leão imortal, parabéns gonça pelo brilhante trabalho e obrigado por nos presentear com este acervo completo que retrata a verdadeira história do futebol de Ribeirão Preto.

Data

De Nill da Mancha

Assunto acesso

Responder

este que para muitos foi um dos dias mais felizes da história, se contrasta com a canetada da FPF, Parabéns Gonça ficou show a matéria

Data

De Alexandre Micas

Assunto Primeiro jogo

Responder

Essa foi a primeira vez que fui ao estádio e desde então já se tornou compromisso ir a Jóia de Cimento Armado, nada mais prazeroso para mim, me lembro perfeitamente que distribuiram várias bandeiras com mastro nas cativas, foi uma festa linda, o goleiro da Francana (Castro) era devoto de São Cosme e Damião e no pé da trave ele sempre deixava um punhado de balas, meu tio que era gandula na época pegou quase todas...deixou ele furioso, rsrs

Foi aí que td começou, essa paixão, esse amor que nunca acaba...sempre, sempre Comercial Futebol Clube !

Parabéns pela matéria, uma ressalva só para o público que foi sem sombra de dúvidas umas 20.000 pessoas !

Abraços

Data

De Tiago

Assunto SEGUNDONA

Responder

O fato é que não disptutam uma primeira divisão a 24 anos e ponto.

Data

De joão gilberto, bola branca

Assunto bafo na área

Responder

Rafa, v.tá fazendo legal e conta tudo do passado sem ser desagradável e falso como o Neves que brigou com o Rochinha. Dá gosto de relembrar,e pouca gente se liga no fato de que se a queda do Comercial foi 1986, o time subiu em 1993, numa penada da Federação perdeu o grupo, voltando para a 2a.uma pena. Trocando em miudos, é errado falar que desde 86 que não conseegue acesso, certo? Abraços do amigo e colega jgbolabranca.

Data

De MARCELO GRAÇA

Assunto acesso do leão

Responder

eu acompanhava de São Paulo, comprava a Gazeta Esportiva para ter a ficha técnica, ou procurava jornais da cidade quando o Comercial jogava fora, nunca achava.... lembro que tinha uma tv de Ribeirão que transmitia os jogos...foi um ano de muita alegria para minha família...

Data

De Anderson Mestrinel

Assunto Bafo

Responder

Gonça,

Eu estava lá...fui uma festa linda....teve até um caminhão de Kaiser após o jogo...rs
Inesquecível...
Sem falar que o penúltimo jogo, contra a Barbarense, foi uma guerra..teve até tiro..
Abração e parabéns

Data

De Julio Cesar Fortes

Assunto materia

Responder

Parabens Rafael pela matéria, sinto orgulho de ter participado desse dia historico do Comercial e ainda mais fazendo o 1º gol que deu direito ao acesso tão esperado, infelismente por problemas que todos sabem, o Comercial encontra-se nessa situação, mas mesmo assim fico aqui longe torcendo, abs

Data

De rogerio vieira

Assunto a volta em 93

Responder

pelo visto foi lindo pena que eu nao era nascido .

Data

De Tiago Rangel

Assunto MANCHA

Responder

PRECISO VIVENCIAR UM MOMENTO DESSE! VAMOO LEÃOO!

Data

De Renato

Assunto Dia inesquecivel

Responder

Que saudade desse dia! Esperamos poder reviver isso novamente esse ano .

Data

De RENAN SKAF

Assunto AI SIM

Responder

FI MEU AVO FOI UM QUE CONTRIBUIU PARA ESSA CONQUISTA

JOÃO REBOUÇAS NOGUEIRA...

ABRAÇOS...

RENAN NOGUEIRA SKAF

Data

De luis antonio - cravinhos

Assunto demais

Responder

esse dia foi especial. não esqueço. Parabens pela materia, rafael