Igual! Comercial perde chances, Botafogo insiste e Come-Fogo no Palma Travassos fica no 1 a 1

Um gol para cada lado evitou que o 137º clássico Come-Fogo, pós-1954, tivesse um vencedor. Na noite deste sábado (08), no estádio Palma Travassos, o Comercial teve mais chances de gol e saiu de campo lamentando o empate por 1 a 1, válido pela 13ª e penúltima rodada da primeira fase da Copa Paulista. Já o Botafogo foi coroado pela insistência no segundo tempo.
 
O resultado tirou o Bota da liderança do Grupo 2. Agora com 16 pontos, o Tricolor caiu para o segundo lugar com dois pontos a menos que o Rio Claro, seu adversário do dia 16, no estádio Santa Cruz. Por sua vez, o Bafo chegou aos nove pontos e permaneceu em quinto lugar. O último jogo será diante do Velo Clube, que está no G4 com os mesmos nove pontos do Leão. Mas, como o adversário tem uma vitória a mais, o Leão só conquistará a classificação se vencer em Rio Claro. O jogo também será no dia 16.
 
No clássico deste sábado, o Comercial criou diversas possibilidades de abrir o placar no primeiro tempo, mas só conseguiu o gol aos 45 minutos. Atuando improvisado como lateral-esquerdo, o meia Philip cruzou da esquerda, a bola tomou efeito e enganou Paulo Vitor. Primeiro bateu na trave e, ao cair, tocou no goleiro botafoguense e entrou.
 
O empate do Botafogo saiu apenas aos 33 minutos do segundo tempo. Também pela esquerda, Fernando cruzou e encontrou o atacante Francis. O artilheiro botafoguense acertou um "peixinho", empatou o jogo e marcou o seu quarto gol na Copa Paulista.
 
Ficha Técnica
COMERCIAL 1 X 1 BOTAFOGO
Estádio: Palma Travassos, em Ribeirão Preto-SP
Público: 2.012 pagantes / Renda: R$ 23.795,00
Árbitro: Cássio Luiz Zancopé
Auxiliares: Celso Barbosa de Oliveira e Edvânio Ferreira Duarte
Cartões Amarelos: Philip, Fernando, Sydney e Henrique Motta (COM); Jan, Fernando e Daniel (BOT)
Gols: Philip 45'1º (1x0) e Francis 33'2º (1x1)
 
COMERCIAL
Marcelo; Fernando, Julião, Wágner Silva (Hélber) e Philip; Sydney, Henrique Motta, Rafinha e Wélker; Jimmy (Júlio César) e Cecel (Fábio Bulgarelli)
Técnico: Paulo Cezar Catanoce
 
BOTAFOGO
Paulo Vitor; Daniel, Jan, Danilo e Fernando; Júlio César, Zé Antônio, Álvaro (Lucas Dantas) e Renan (Alemão); Vitor Flora (Fausto) e Francis
Técnico: Sérgio Tanaka
 
Rafael Gonçalves

Palavras-chave:

| |

Voltar

Escreva seu comentário

Nenhum comentário foi encontrado.