Previsível! Com gol e assistência, astro Neymar comanda goleada do Santos sobre o Botafogo na Vila

A primeira derrota do Botafogo no Paulistão de 2013 ocorreu de maneira previsível. Diante de um forte Santos, tricampeão do Estadual e que contou com o craque Neymar inspirado, o Tricolor foi goleado por 3 a 0 na noite desta quarta-feira (23), no estádio da Vila Belmiro, em Santos.
 
O placar negativo no litoral deixou o Tricolor com os mesmos três pontos conquistados na primeira rodada, em vitória sobre o Oeste por 2 a 0. Na classificação, ainda com três jogos a serem realizados nesta quinta (24), o Bota ocupa o oitavo lugar. Outros três times possuem a mesma pontuação, mas o Pantera fica atrás de todos em virtude do saldo de gols. A tentativa de reabilitação será no próximo domingo (27), quando recebe no estádio Santa Cruz, às 19h30, o São Bernardo. O próximo adversário ainda não venceu e está entre os quatro piores.
 
Na Vila, nesta quarta (23), o Botafogo iniciou o jogo criando boas chances de gol, mas ficou totalmente desestruturado logo depois de perder o lateral Giovanni, contundido. Aos 32 minutos, em arrancada e cruzamento de Arouca, da direita, o goleiro Rafael foi atrapalhado por Neymar, falhou no lance e o meia Cícero empurrou para o gol. Logo depois, aos 40, Cícero encontrou Neymar livre, dentro da grande área. O camisa 11 dominou com perfeição, esperou a reação de Rafael e mandou para as redes: 2 a 0.
 
No segundo tempo, o Santos continuou em cima e teve possibilidade de ampliar o marcador. Até que, aos 46 minutos, Neymar apareceu de novo, participando também do terceiro gol. O astro deu excelente passe para o atacante Miralles, na entrada da grande área, fechar o placar com um chute certeiro. O jogo marcou a estreia do meia santista Pinga e do zagueiro botafoguense Cris.
 
Ficha Técnica
SANTOS 3 X 0 BOTAFOGO
Estádio: Vila Belmiro, em Santos-SP
Público: 12.173 pagantes / Renda: R$ 343.750,00
Árbitro: Marcelo Prieto Alfieri
Auxiliares: Giulliano Neri Colisse e Fábio Rogério Baesteiro
Cartões Amarelos: Bruno Peres (SAN); Francis, Cris, Alex, Henrique Mattos e Gilmak (BOT)
Gols: Cícero 32'1º (1x0), Neymar 40'1º (2x0) e Miralles 46'2º (3x0)
 
SANTOS
Rafael; Bruno Peres, Neto, Durval e Guilherme Santos; Arouca, Renê Júnior, Cícero e Montillo (Pinga); André (Miralles) e Neymar
Técnico: Muricy Ramalho
 
BOTAFOGO
Rafael; Henrique Mattos, Cris e César Gaúcho; Daniel, Gilmak, Zé Antônio, Douglas Packer (Paulo Roberto) e Giovanni (Alex); Francis (Álvaro) e Nunes
Técnico: Marcelo Veiga
 
Rafael Gonçalves

Palavras-chave:

|

Voltar

Escreva seu comentário

Nenhum comentário foi encontrado.