Aprende, Chelsea! Botafogo joga bem e tira brilho da estreia de Pato como titular do campeão mundial

Os mais de 26 mil torcedores que pagaram ingresso para fazer parte do jogo que marcou a estreia de Alexandre Pato como titular do atual campeão do mundo Corinthians deixaram o estádio Santa Cruz comentando muito mais a atuação do time do casa. Animado por figurar entre os oito melhores desde o início do Paulistão, o Tricolor jogou de igual para igual com o Timão e ficou no empate por 0 a 0. Embora tenha comemorado um ponto diante de um grande da Capital, o Bota encerrou o jogo sabendo que poderia ter vencido o time que há menos de dois meses derrotava o Chelsea pelo Mundial de Clubes, no Japão.
 
O resultado manteve o Botafogo em sexto lugar, dentro do G8, agora com 11 pontos, três a mais que o XV de Piracicaba, o primeiro fora da zona de classificação. A campanha é a mesma do Timão, que está uma posição à frente por ter seis gols positivos de saldo contra três. No sábado de Carnaval (09), às 19h30, o Bota inicia uma série de dois jogos seguidos fora de casa enfrentando o União Barbarense, que está na zona de rebaixamento. O Timão enfrenta o São Caetano no mesmo dia, mas às 16h20.
 
No confronto desta quarta-feira (06), o Corinthians tomou a iniciativa e partiu ao ataque com Alexandre Pato. Com apenas um minuto, o camisa 7 exigiu boa defesa do goleiro Rafael. A primeira grande jogada botafoguense saiu aos 25 minutos, quando o atacante Otacílio Neto roubou a bola do zagueiro Felipe e chutou forte. Danilo Fernandes espalmou. No momento em que começava a se soltar, o Tricolor quase teve um jogador expulso. O lateral Daniel, que já tinha cartão amarelo, empurrou o atacante Emerson, mas o árbitro optou por não mostrar o vermelho.
 
Na segunda etapa, mais centrado, o Botafogo foi melhor e chegou a criar chances de gol. Em uma delas, aos 20 minutos, o chute de Daniel por cobertura, de fora da área, explodiu no travessão. No rebote, o atacante Nunes marcou o gol, mas em condição de impedimento. O lance foi anulado. No minuto seguinte, Daniel cruzou, a bola passou pelo goleiro Danilo Fernandes, mas o lateral Raí não chegou a tempo de empurrar para o gol vazio. No final do jogo, o goleiro Rafael ainda apareceu para salvar o Botafogo. Edenilson tocou de calcanhar para Guilherme arrematar e Rafael defendeu a queima-roupa.
 
Festa para Doni
Antes do jogo, o goleiro Doni foi apresentado à torcida do Botafogo. Porém, ele só deve voltar a jogar em 2014. Doni, que deixou o Liverpool, da Inglaterra, teve problemas cardíacos recentemente.
 
 
Ficha Técnica
BOTAFOGO 0 X 0 CORINTHIANS
estádio: Santa Cruz, em Ribeirão Preto-SP
Público: 26.507 pagantes / Renda: R$ 1.112,591,00
Árbitro: Vinícius Furlan
Auxiliares: Carlos Augusto Nogueira Júnior e Alex Alexandrino
Cartões Amarelos: Daniel (BOT); Guilherme, Fábio Santos e Ralf (COR)
 
BOTAFOGO
Rafael; Igor, Cris e Preto Costa (Henrique Mattos); Daniel, César Gaúcho, Douglas Packer, Otacílio Neto (Alemão) e Raí (Fábio Gama); Francis e Nunes
Técnico: Marcelo Veiga
 
CORINTHIANS
Danilo Fernandes; Edenilson, Gil, Felipe e Fábio Santos; Ralf, Guilherme e Douglas (Renato Augusto); Alexandre Pato (Romarinho), Emerson e Jorge Henrique
Técnico: Tite
 
Rafael Gonçalves

Palavras-chave:

|

Voltar

Escreva seu comentário

Nenhum comentário foi encontrado.